Editorial
‘Direitista raiz’, Weintraub apoiou pautas de esquerda de Marina Silva

Eis a lógica bolsonarista: legitimar como “direita true” só quem passa pano para os erros do governo

29/01/2020 18h18

O atual ministro da Educação, Abraham Weintraub é o vulgo jacobino da ‘direita raiz’ no governo Bolsonaro.

Responsável por ataques a qualquer representante da direita que não esteja alinhado com as cagadas do governo ou que não aceite os erros do ministro.

O ministro adora se colocar como o direitista raiz, mas foi um ferrenho apoiador de Marina Silva nas eleições de 2014.

Abraham e seu irmão, Arthur Weintraub, se alinharam as pautas de esquerda propostas pela ex-presidenciável Marina Silva e o partido (Rede).

Na lógica dos jacobinos, quem sempre criticou a esquerda, lutou pelo impeachment, processou e foi processado pelo PT, é isentão, mas Weintraub, que fez campanha para esquerda não, pois ele disse “abe is out”.

Essa é lógica do bolsonarismo, legitimar como “direita true” somente quem passa pano para os erros do governo.