fbpx
Câmara dos Deputados » Lava Jato » Operação Spoofing
Deputados de oposição classificam Dallagnol como “fujão” por faltar à audiência na Câmara

“Se ele tivesse segurança do que fez, ele viria aqui”, disse um deputado petista

10/09/2019 15h57

O procurador da Lava Jato Deltan Dallagnol não compareceu hoje a uma audiência pública na Câmara dos Deputados, que teve por finalidade o debate sobre o vazamento de mensagens privadas, obtidas ilegalmente, de autoridades. No lugar reservado a ele na comissão, foi posto pela oposição uma placa escrito “Dallagnol Fujão”.

O autor do requerimento que pedia a presença de Dallagnol foi o deputado federal, petista, Rogério Correia (PT-MG), que disse que a falta do mesmo no dia de hoje foi um “desaforo” para com os brasileiros. “A ausência é um ato de desaforo dele ao Congresso Nacional e ao povo brasileiro. Já não é a primeira vez que ele é chamado para vir aqui”, disse.

“Se ele tivesse segurança do que fez, ele viria aqui. Diria aos deputados, ao povo brasileiro que a Lava Jato teve um papel fundamental, como ele anda dizendo”, continuou.

As provocações a Dallagnol não acabaram por aí, o deputado supôs até a possibilidade de uma eventual prisão do procurador. “Eu compreendo que ele não venha, porque se ele vier aqui não vai conseguir explicar e vai sair desmoralizado. Se fosse uma CPI, poderia sair preso”, concluiu ele.

Bacharelando em administração pela UFPB.