fbpx
PGR
Deputados de esquerda vão à PGR contra Moro por acesso à investigação do Laranjal do PSL

Parlamentares do PT, PCdoB e PSOL foram reclamar das supostas informações obtidas por Moro

09/10/2019 15h36

Os deputados Marcelo Freixo, do PSOL do Rio; Orlando Silva, do PCdoB de São Paulo; Paulo Pimenta, do PT do Rio Grande do Sul; e Paulo Teixeira, do PT de São Paulo, foram até a procuradoria-Geral da República (PGR) questionar o suposto acesso do ministro da Justiça Sérgio Moro à investigação do Laranjal do PSL.

“Moro indica ainda ter informações da investigação conduzida sob sigilo pela Polícia Federal e pelo Ministério Público de Minas Gerais. Ou seja, o ministro tem acesso à informação privilegiada e a divulga, em defesa do presidente que o nomeou, agindo em total violação aos princípios da administração pública, além da legislação em vigor”, escreveram os parlamentares.

Neste domingo, o ministro tuitou: “Nem o delegado, nem o Ministério Público, que atuam com independência, viram algo contra o presidente neste inquérito de Minas”. As informações são da revista Época.

Entre em nosso canal do Telegram e receba todas as notícias em primeira mão: http://t.me/mblivre

Professor de filosofia e diretor de jornalismo do MBL. Entusiasta da filosofia, [geo]política, economia e literatura.