ALESP » Reforma da Previdência » São Paulo
Deputadas do PT e do PSOL invadem a Mesa Diretora da Alesp para impedir a votação da Reforma da Previdência

Medinho de perderem de novo?

05/12/2019 20h03

Medinho de serem derrotadas mais uma vez? A esquerda não sossega! Parlamentares, em específicos deputadas estaduais do estado de São Paulo, eleitas pelo PT e pelo PSOL, invadiram a mesa diretora da Assembléia Legislativa de São Paulo (ALESP) para impedir que a Reforma da Previdência estadual seja votada.

Ontem a noite, dia 04 de Dezembro (quarta-feira), parlamentares dos mesmos partidos tentaram agredir o deputado estadual Arthur Moledo do Val (sem partido), mas não obtiveram sucesso. A razão foi a mesma: Reforma da previdência estadual. Contudo, ao tentar defender Arthur, um parlamentar do partido NOVO acabou por ser “mordido” por um dos membros da “esquerda paz e amor”.

As deputadas em questão são Isa Penna (PSOL), Beth Sahao (PT), Márcia Lia (PT), Mônica Seixas (PSOL) e Professora Bebel (PT). Devido à invasão das esquerdistas, a sessão acabou por ser cancelada, e pelo visto a reforma não será votada hoje.

“AGORA na ALESP: Deputadas do PT e do PSOL INVADIRAM a Mesa Diretora estão impedindo que o presidente da ALESP tocasse a sessão que pode votar a Reforma da Previdência!”, postou Arthur em sua rede social Twitter na noite desta quinta-feira. Veja a publicação do deputado:

Bacharelando em administração pela UFPB.