fbpx
Lava Jato
Deltan vai ser retirado da Lava Jato e pode ser enviado para bem longe de Curitiba

Deltan será punido e ainda pode ser enviado para chefiar uma força-tarefa de combate ao narcotráfico

11/10/2019 11h26

De acordo com informações publicadas pela revista Veja nesta sexta-feira (11), o procurador chefe da Lava Jato, Deltan Dallagnol, será realmente retirado da operação. O conselho do Ministério Público federal topou fazer o serviço encomendado por uma de senadores e ministros do Supremo Tribunal Federal (STF).

O plano deflagrado com a apresentação de representação pela senadora Kátia Abreu, Deltan será punido e ainda pode ser enviado para bem longe de Curitiba pelo Procurador-Geral da República, Agusto Aras, que estuda convidá-lo a chefiar uma força-tarefa de combate ao narcotráfico.

A ideia inicial era levar o procurador para Brasília, onde ele atuaria na própria PGR. Mas os defensores dessa saída foram logo convencidos pelos adversários de Deltan de que sua presença poderia causar problemas com o STF.

Entre em nosso canal do Telegram e receba todas as notícias em primeira mão: http://t.me/mblivre

Professor de filosofia, jornalista e diretor do movimento Neoiluminismo. Entusiasta da filosofia, [geo]política, economia e literatura.