fbpx
Vídeo
Crise política na Argentina acende alerta para o Brasil

O que acontece hoje na Argentina pode acontecer aqui também? Confira a análise feita em vídeo pelo MBL.

12/08/2019 16h02

No último domingo (11/08), o candidato a presidência da Argentina Alberto Fernandez e sua vice Cristina Kirchner venceram com 15 pontos percentuais de vantagem o atual chefe de estado, Mauricio Macri.

O resultado que aponta para uma possível vitória logo no primeiro turno da chapa esquerdista repercutiu no mercado: a Bolsa da Argentina despencou 12,18% até as 11 horas dessa segunda-feira e o dólar, em baixa, atingiu 58,85 pesos argentinos – recorde histórico.

O cenário dos hermanos já é caótico, mas certamente irá piorar caso a vitória kirchnerista se concretize. Isso porque o país vizinho, tal qual o Brasil, ainda sofre as consequências de anos de políticas populistas de esquerda que levaram a Argentina à crise econômica atual.

Macri foi eleito em 2015 com a promessa de ser um liberal. Ainda que analistas políticos tivessem otimismo em relação ao seu governo reformista, o presidente argentino não foi capaz de implantar todas as mudanças necessárias para que a Argentina retomasse o crescimento econômico.

Dado o cenário similar ao que se vive aqui no Brasil, o MBL fez uma análise sobre o que está ocorrendo com nossos vizinhos de modo que fiquemos atentos para que o mesmo não se repita aqui. Confira:



Entusiasta política e acadêmica de Engenharia Química (UFPR) nas horas vagas; liberal na economia e nos costumes. Diretamente da República de Curitiba.