fbpx
Jair Bolsonaro
Confira o que falaram os porteiros de Bolsonaro à Veja

Um dos porteiro ligou o presidente ao assassino da vereadora Marielle.

08/11/2019 09h18

Os dois porteiros do presidente da República, Jair Bolsonaro (PSL), deram entrevista à revista Veja após um deles, Alberto Mateus, ter afirmado em depoimento à Polícia que um dos assassinos da vereadora Marielle Franco teria ido ao prédio e procurado Bolsonaro.

Alberto Mateus disse:

“Eu não estou podendo falar nada. Não posso falar nada.”

O segundo porteiro, Tiago Izaias, cujo áudio foi divulgado por Carlos Bolsonaro, contestou o depoimento de seu colega à polícia:

“Todos aqui no condomínio ficaram surpresos por ele ter ligado o presidente a um crime gravíssimo. Pode ser que estejam usando o Alberto para denegrir a imagem de Bolsonaro.”

A reportagem acrescenta que esse segundo porteiro “ostenta orgulhoso uma foto ao lado do capitão em suas redes sociais”.

Mas isso também se aplica ao primeiro porteiro:

“No condomínio francamente bolsonarista, o próprio Alberto não escondia sua simpatia pelo presidente.”

Informações do O Antagonista.

Estudante de ciências econômicas na Universidade de São Paulo e membro do movimento Neoiluminismo. Liberal convicto admirador da filosofia prática kantiana, economia ortodoxa, Hayek e história econômica institucional.