fbpx
bolsonaro
Comissão da Câmara aprova projeto com emenda de Kim Katiguiri sobre proibição de nepotismo

Projeto se mostra como empecilho na tentativa de presidente da República de nomear o próprio filho para embaixada norte-americana

14/08/2019 13h27

A Comissão de Trabalho, de Administração e Serviço Público da Câmara dos Deputados aprovou hoje (14) a proposta do deputado Roberto de Lucena (PODE-SP) que proíbe o nepotismo na administração pública federal, informa a revista Exame.

O texto do projeto trata a prática como ato de improbidade administrativa e estabelece pena de detenção de três meses a um ano para descumpridores da regra, segundo a revista Exame.

A emenda do projeto que transforma em nepotismo indicações de parentes a cargos de ministro de Estado e embaixador foi inserida pelo deputado Kim Kataguiri, membro do MBL e do DEM-SP.

O projeto ainda será analisado por outra comissão para posteriormente ir ao Senado.

Kim Kataguiri, no parecer do projeto, afirma que o nepotismo é uma “injustiça patente que demonstra profundo desprezo pela coisa pública e, por consequência, desrespeito ao pagador de impostos”.

Informações de Veja e Exame.

Bacharelando em Relações Internacionais. Produzo artigos no Neoiluminismo.com. Um sionista entusiasta da filosofia.