fbpx
Ceará » Justiça » São Paulo
Ciro Gomes é processado por difamação contra João Doria

Ex governador é processado(de novo) por levantar acusações infundadas

04/07/2019 18h59

Como todos já estão cansado de saber, Ciro Gomes, ex candidato à previdência, é um homem de temperamento bem peculiar, onde a calmaria e a tranquilidade não é o forte. Por conta disso, Ciro já envolveu-se em várias polêmicas, como por exemplo quando chamou um questionador de “filho da puta”, ou quando falou que encheria a turma do atual ministro(e ex juiz da lava-jato) Sérgio Moro na bala.

Dessa vez, suas palavras impensadas não foram levadas na brincadeira e ele terá que responder processo por ter levantado acusações infundadas contra o atual governador de São Paulo, João Doria.

O caso aconteceu em 18 de março de 2017, onde Ciro teria afirmado em uma conferência do seu partido, o PDT, que Doria era um “farsante” e que ele “enriqueceu fortemente com dinheiro público”. Doria não perdoou e logo entrou com processo contra o ex presidenciável.

De princípio, o pedido foi negado, pois o juíz entendeu que Ciro não havia ultrapassado os limites da liberdade de expressão. O governador recorreu novamente. A  3ª Turma, então, descartou o processo de calúnia, porém aceitou o de difamação.

Ciro defendeu-se dizendo que não houve calúnia ou difamação, e que Doria, como figura política, está naturalmente propício ao recebimento de críticas. Além dessa vez, Ciro havia anteriormente também envolvido-se em contendas com o governador, como por exemplo quando, em palestra, afirmou que, se pegasse um “viadinho” como Dória, encheria de porrada.

Fonte: Último Segundo

Bacharelando em administração pela UFPB.