Sem Categoria
Bolsonaro relaciona governo petista com morte de miliciano

Adriano foi abatido pela PM da Bahia.

15/02/2020 17h15

Neste sábado (15), o presidente Jair Bolsonaro relacionou a morte do ‘Capitão Adriano’ com o governo do Partido dos Trabalhadores na Bahia.

“Quem foi responsável pela morte do capitão Adriano foi a PM da Bahia, do PT. Precisa dizer mais alguma coisa?”, disse o mandatário.

“A medalha foi em 2005. Não tem nenhuma sentença julgada condenando o capitão Adriano por nada, sem querer defendê-lo”, afirmou Bolsonaro em evento no Rio ao lado do filho e senador Flávio Bolsonaro (Sem Partido-RJ), responsável pela homenagem. O presidente disse que a homenagem foi um pedido dele ao filho.

Adriano Magalhães da Nóbrega foi morto no município de Esplanada, a 170 km de Salvador e no passado recebeu homenagens da família Bolsonaro.

Ainda neste domingo, o MBL disponibilizou gratuitamente o documentário “Não vai ter golpe” no youtube, link para acesso:

pt
Uma jovem que migrou da Engenharia Química para a Política e o Jornalismo. Encontra sua vertente ideológica no Liberalismo, mas entende que é preciso buscar o tangível para solucionar os problemas da sociedade.