Sem Categoria
Bolsonaro perde ação contra a Folha de S. Paulo no TSE

Por decisão unânime, TSE rejeita ação de Bolsonaro.

19/09/2019 17h52

Nesta quinta-feira (19/09), em decisão unânime, o presidente da República, Jair Bolsonaro, perdeu a procedência de uma ação contra o jornal Folha de São Paulo, na qual ele alegava que o jornal havia cometido “abuso de poder econômico midiático e conluio” ao publicar um texto sobre uma suposta rede de fake news liderada por aliados do então candidato.

Além da Folha, a ação foi movida contra Fernando Haddad (PT) e Manuela d’Ávila (PC do B) e contra o presidente do Grupo Folha, Luiz Frias, a acionista do jornal Maria Cristina Frias e a repórter Patrícia Campos Mello.

O texto em questão trazia em seu título a seguinte acusação “Empresários bancam campanha contra o PT pelo WhatsApp”.

O ministro do TSE, Jorge Mussi, esclareceu que não ficou demonstrado que a publicação da reportagem tenha desequilibrado a disputa eleitoral nem ter havido conluio entre o Grupo Folha e a coligação de Haddad. Ele ainda defendeu a liberdade de imprensa.

“A imputação, todavia, me parece ser absolutamente improcedente, seja quanto ao aspecto legal, seja jurisprudencial e doutrinário”, afirmou.

Uma jovem que migrou da Engenharia Química para a Política e o Jornalismo. Encontra sua vertente ideológica no Liberalismo, mas entende que é preciso buscar o tangível para solucionar os problemas da sociedade.