bolsonaro
Bolsonaro diz que Adélio é protegido por alguns “até hoje”

A fala se deu em discurso para colaboradores do Aliança Pelo Brasil

18/01/2020 22h13

Em um discurso realizado em um evento com simpatizantes e colaboradores do partido Aliança pelo Brasil, o presidente Jair Bolsonaro comentou hoje (18) sobre o atentado que sofreu durante a campanha eleitoral de 2018. Para ele, o autor da facada, Adélio Bispo, “é protegido até hoje”.

“Jamais o sistema podia sonhar que uma pessoa, com o nosso perfil, poderia chegar à Presidência da República”, disse o presidente. “A facada só aconteceu quando este sistema teve a certeza de que a única maneira de nos deter seria a eliminação física. E não é a toa que o assassino é protegido até hoje. O sistema protege esta pessoa”, acrescentou ele.

Por fim, Bolsonaro afirmou que houve um “ponto de inflexão” com sua chegada à Presidência. “Nós vamos um dia, realmente, de fato, assumir os destinos de nossa nação, pela via democrática. Estamos plantando aqui essa verdadeira mudança para 2022”, concluiu ele.

Bacharelando em administração pela UFPB.