fbpx
PSL
Bivar diz que aliados de Bolsonaro no PSL ‘querem dinheiro’

O presidente da legenda afirmou que essas pessoas querem fazer coisas ‘não éticas’

10/10/2019 16h06

Sem citar nomes, o presidente do PSL, Luciano Bivar, afirmou nesta quinta-feira (10) que os aliados mais próximos de Jair Bolsonaro ‘querem dinheiro’ e citou o fundo partidário.

“O que há é um grupo capitaneado por duas ou três pessoas, um juiz desempregado, uma advogada rapina, que querem dinheiro. Essas pessoas, sorrateiramente, cujo objetivo é outro, estão nisso. Acho que o presidente não deve estar sendo bem aconselhado porque estão vendendo ele como se fosse propriedade deles para forçar uma participação de domínio no partido e fazerem coisas que não são éticas”, disse Bivar.

Ao ser questionado pelos jornalistas do O Globo sobre o que seriam coisas ‘não éticas’, Bivar citou o fundo partidário: “os interesseiros do partido gozam de um relacionamento com o presidente e acham que, com isso, eles vendem esse falso poder para vender serviços ao partido. Não vão ter”.

Entre em nosso canal do Telegram e receba todas as notícias em primeira mão: http://t.me/mblivre

Professor de filosofia e diretor de jornalismo do MBL. Entusiasta da filosofia, [geo]política, economia e literatura.