fbpx
Bahia » LGBT+ » Rio de Janeiro
Após vexame de Crivella, ACM Neto anuncia Bienal do livro em Salvador: “Aqui é proibido censurar”

Pelo visto, a posição do prefeito do DEM difere-se da de Crivella

10/09/2019 12h35

Em contrapartida às ações do prefeito do Rio, Marcelo Crivella (PRB), o prefeito de Salvador (BA), ACM Neto, eleito pelo DEM, anunciou hoje (10) a realização de uma Bienal do Livro em Salvador, no ano de 2020. O anúncio foi realizado durante a assinatura do contrato de concessão para empresa francesa G.L. Events da gestão do novo Centro de Convenções de Salvador, que está para ser inaugurado em dezembro.

“Aproveitamos uma oportunidade que não poderia ser desperdiçada. […] Teremos uma Bienal em Salvador do jeito que é o povo baiano, sem nenhum tipo de censura ou restrição à produção literária”, disse, convicto, ACM Neto.

Ele destacou ainda o fato de que Crivella (PRB), “agiu de maneira equivocada” ao tentar barrar obras com temática LGBT, como a HQ “Vingadores – A Cruzada das Crianças”, que mostrava uma imagem de um beijo entre dois super-heróis homens.

Já em uma rede social, ACM confirmou a Bienal do Livro e fez questão de destacar o fato de que Salvador é “a cidade da diversidade”. Aqui é proibido censurar”, disse. Veja:

O evento será promovido pelos mesmos organizadores da Bienal ocorrida no Rio de Janeiro. A Bahia estava sem uma bienal do livro desde o ano de 2013, por falta de espaço para abrigá-la. Isso mudará.

Bacharelando em administração pela UFPB.