fbpx
bolsonaro » Governo » Imprensa
Após uma semana de nomeação, Secretário de Imprensa da Presidência é demitido

Segundo interlocutores, Bolsonaro não via perfil esperado em Fona devido ele já ter trabalhado com políticos de esquerda

14/08/2019 07h46

Uma semana após a nomeação oficial, o secretário de Imprensa da Presidência da República, o jornalista Paulo Fona, foi demitido. Fona tinha sido escolhido para o cargo pelo secretário especial de comunicação, Fabio Wajmgarten, mas já foi demitido por Bolsonaro.

“A decisão da minha exoneração pelo Presidente da República me pegou de surpresa. Fui convidado para assumir a Secretaria de Imprensa, alertei-os de meu histórico e minha postura profissional e a intenção de ajudar na melhoria do relacionamento com a mídia em geral. O desafio era imenso, sempre soube, mas esperava maior profissionalismo, o que não encontrei. Em todos os governos que passei de diferentes partidos – MDB, PSDB e PSB – sempre trabalhei com o objetivo de tornar a Comunicação mais ágil, eficiente e transparente e leal às propostas da gestão” disse Fona em nota.

“Construí minha carreira profissional com meus próprios méritos e defeitos. Obrigado a todos os jornalistas que me acolheram de maneira calorosa e esperançosa de que o relacionamento mudaria”, continuou.

De acordo com interlocutores, Bolsonaro concluiu que o então secretário não possuía o “perfil” esperado, devido ao fato de ter trabalhado com políticos “de esquerda”.

Bacharelando em administração pela UFPB.