Coronavírus
Amazonas registra primeira morte por coronavírus do norte do País

Vítimas fatais do COVID-19 estavam concentradas na região sudeste. O Estado já registra 47 casos confirmados.

25/03/2020 06h44

No início da noite desta terça-feira (24), o comerciante Geraldo Savio da Silva, 49, morreu em Manaus, no Amazonas, após ter sido diagnosticado com o novo coronavírus. Foi o primeiro óbito pela doença fora da região Sudeste do País, que já registrou 40 mortos em São Paulo e 06 no Rio de Janeiro. A região sul também registrou um óbito no final da noite de ontem.

Na manhã de sábado (21), o paciente havia sido transferido de Parintins, no interior do estado, e estava internado no hospital Delphina Aziz, adaptado para tratar exclusivamente aos casos confirmados de contaminação por COVID-19. Geraldo era portador de hipertensão arterial sistêmica, e teve uma parada cardiorrespiratória no domingo (22).

De acordo com o prefeito de Parintins, Bi Garcia (PSDB), o paciente era dono de uma ótica e de uma livraria, e teria contraído o vírus durante encontro de pescadores em Manaus, na semana passada. O comerciante procurou o hospital da cidade na sexta-feira (20), com problemas respiratórios, e foi isolado. A esposa de Geraldo também foi diagnosticada com coronavírus, mas está estável e em isolamento.

Até o momento, o Estado já registrou 47 casos confirmados da doença, sendo 45 em Manaus e 02 – o comerciante falecido e sua esposa – a Parintins. O comunicado sobre a morte do senhor Geraldo ocorreu antes do pronunciamento do presidente da República, Jair Bolsonaro, relativizando a importância das vidas humanas mais afetadas pela pandemia de coronavírus no Brasil e no mundo.

Fonte: Folha de São Paulo.

Advogada. Apaixonada pelo direito ambiental. Viciada em política. Humilde - e levemente sarcástica - proprietária do Blog da Azedinha.