fbpx
Senado Federal
Alcolumbre articula mudança legal para ser reeleito em 2021 como presidente do Senado

Teremos um “Evo Morales” tupiniquim?

03/12/2019 07h16

Segundo informações do Estadão, o presidente do Senado, Davi Alcolumbre, está buscando apoio para alterar a Constituição através de uma PEC (Proposta de Emenda à Constituição) que lhe permita a reeleição em 2021. Assim como ocorre com o presidente do Senado, a Constituição garante que o presidente da Câmara dos Deputados não pode ser reconduzido na mesma legislatura.

O presidente da Câmara, Rodrigo Maia, por sua vez, demonstra resistência aos planos de Alcolumbre.

“Se ele (Alcolumbre) vai tratar desse tema no Senado, vai depois colocar um problema na Câmara”, disse o presidente da Câmara. E emenda: Eu não sou candidato à reeleição em hipótese nenhuma.

A aparente negatória de Maia não foi suficiente para desestimular Alcolumbre, que estaria consultando ministros do STF (Supremo Tribunal Federal) para analisar a viabilidade de fazer com que a proposta se restrinja ao Senado, baseado na duração do mandado de Senador, que é de 8 anos.

Como de costume, muito trabalho e articulação são realizados sem esforço quando se visam os benefícios próprios. Enquanto isso, reforma essenciais como a administrativa e a Tributária, que seriam benéficas para a população que os elegeu, ficam para depois. Apenas um dia normal na Banânia.

Liberal sem paciência para extremos. Críticas e afins: @maiarapiva no Twitter.