Witzel sofre derrota no STF
Governador do Rio de Janeiro provavelmente deverá ter de aceitar seu afastamento do cargo

O governador do Rio de Janeiro, Wilson Witzel (PSC), teve seu pedido para suspender o julgamento sobre seu afastamento no Superior Tribunal de Justiça (STJ) negado no Supremo Tribunal Federal (STF) nesta quarta-feira (02).

A Corte Especial do STJ vai decidir hoje se irá manter ou suspender o afastamento do governador.

"A premissa invocada para suspender o julgamento colegiado do referendo da decisão de afastamento cautelar do requerente não é juridicamente válida para autorizar que esta Suprema Corte intervenha na organização jurídico-administrativa do Superior Tribunal de Justiça, soberano na condução das pautas de julgamento dos processos de sua competência, mormente em se tratando de pedido formulado no âmbito de suspensão de liminar, medida de natureza excepcional que não pode ser utilizada em usurpação da competência do juiz natural da causa", afirmou o ministro Dias Toffoli em sua decisão.

Você está sendo roubado! O sistema usa o seu dinheiro, abusa de privilégios e cria leis para se blindar. O MBL vai na contramão desse sistema, lutando contra o Foro Privilegiado, Fundão e na defesa da prisão em segunda Instância e reformas. A batalha é desequilibrada, nós só podemos contar com você. Doe para o MBL clicando aqui.
continua em outra matéria