Witzel rebate Flávio e o desafia a quebrar o próprio sigilo
"O senhor some com o Queiroz e foge da Justiça", disse o governador

O governador do Rio de Janeiro, Wilson Witzel, usou sua conta no Twitter para responder o senador Flávio Bolsonaro e desfiá-lo a quebrar o próprio sigilo das contas bancárias e telefônicas e deixar que investiguem "sua rachadinha".

AndreMendonca-FlavioBolsonaro-MinistroDaJustica-Posse-29Abr2020
AndreMendonca-FlavioBolsonaro-MinistroDaJustica-Posse-29Abr2020 AndreMendonca-FlavioBolsonaro-MinistroDaJustica-Posse-29Abr2020

"Senador Flávio Bolsonaro, o senhor, que some com o Queiroz e foge da Justiça, faça como eu: abra seus sigilos bancário e telefônico e deixe que investiguem sua rachadinha e da sua família. Meu sigilo está à disposição da Justiça. Aguardo o seu. Quem não deve não teme", publicou Witzel.

A desavença teve início quando Witzel afirmou que o 01 de Bolsonaro deveria estar preso em meio às suspeitas de rachadinha e enriquecimento ilícito.

O senador rebateu dizendo que, além da Saúde, outras secretarias do governador devem aparecer em investigações futuras e que ouve essas denúncias "nas ruas" ou em "papos de botequim": 'Não tenho informação privilegiada'.

Witzel atribuiu a realização da Operação Placebo, na qual foi alvo de busca e apreensão nesta terça-feira (26), à suposta interferência do presidente Jair Bolsonaro na Polícia Federal.

continua em outra matéria