Toffoli arquiva TODOS os inquéritos baseados na delação de Sergio Cabral
Decisão foi tomada antes de entregar a presidência da Suprema Corte para Luiz Fux

O ex-presidente do Supremo Tribunal Federal, ministro Dias Toffoli, decidiu que a passagem do comando da Corte ao ministro Luiz Fux não seria tranquila. Em seu último ato como presidente, o magistrado determinou mais uma perda para a Lava Jato e o combate à corrupção, ao mandar arquivar todos os inquéritos abertos no STF com base na delação premiada do ex-governador do Rio de Janeiro, Sergio Cabral, preso desde 2016.

A manobra atinge doze frentes de investigação recentemente autorizadas pelo ministro relator dos casos da Lava Jato, Edson Fachin, quando homologou o acordo de colaboração firmado entre Cabral e a Polícia Federal. O pedido veio da Procuradoria-Geral de Justiça, que tinha recusado fechar acordo com o ex-governador do RJ, e alega não ver elementos que justifiquem as apurações. As novas investigações envolviam ministros do Tribunal de Contas da União e do Superior Tribunal de Justiça delatados.

A decisão de Toffoli demonstra seu alinhamento com o procurador-geral da República, Augusto Aras, forte crítico da força-tarefa. Além de já ter concedido ao PGR petista acesso a dados sigilosos da Operação, o ex-presidente da Suprema Corte foi de encontro à Fachin, que já havia indeferido os pedidos de Aras, validado a delação, e determinado a redistribuição dos novos casos a novos relatores.

O procurador-geral da República, Augusto Aras, recorreu da decisão de Fachin que validou a delação. O ministro, no entanto, manteve as investigações e enviou para Toffoli redistribuir os casos para novos relatores. O então presidente do STF pediu manifestação do PGR, que defendeu o arquivamento.

Contém informações da/o G1.
Você está sendo roubado! O sistema usa o seu dinheiro, abusa de privilégios e cria leis para se blindar. O MBL vai na contramão desse sistema, lutando contra o Foro Privilegiado, Fundão e na defesa da prisão em segunda Instância e reformas. A batalha é desequilibrada, nós só podemos contar com você. Doe para o MBL clicando aqui.
continua em outra matéria