Senador com dinheiro nas nádegas vira vexame internacional
Jornais ressaltam fala do presidente sobre acabar com a Lava Jato por não haver mais corrupção

Nesta quarta-feira, 16, a Polícia Federal cumpriu um mandado de busca e apreensão na casa do senador Chico Rodrigues, então vice-líder do governo Bolsonaro no Senado. Na operação, os agentes encontraram cerca de R$ 17 mil entre as nádegas do parlamentar.

O fato foi tão escandaloso, que a notícia foi reproduzida pela imprensa no mundo todo, com títulos destacando a situação inusitada e textos críticos ressaltando outros casos de corrupção na gestão Bolsonaro, que havia afirmado ter acabado com a operação Lava Jato, pois não existia mais corrupção em seu governo.

No dia seguinte, o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Luís Roberto Barroso, determinou o afastamento de Chico Rodrigues por 90 dias.

O jornal britânico The Guardian foi um dos veículos internacionais que abordaram a ocorrência com o título "Polícia encontra dinheiro escondido entre as nádegas de aliado de Bolsonaro".

A reportagem destaca como o presidente brasileiro se elegeu em 2018 utilizando o discurso anticorrupção, mas sua gestão tem sido afetada por escândalos, incluindo suspeitas de que um de seus filhos, Flávio, comando uma rede de corrupção.

continua em outra matéria