Salário mínimo de 2021 está previsto a R$ 1.088
Ofício com as alterações no projeto foi enviado pelo ministro Paulo Guedes nesta terça-feira (15)

O Ministério da Economia deverá aumentar o salário mínimo a R$ 1.088 a partir de 1º janeiro de 2021, de acordo com a proposta da Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO). O salário mínimo atual é de R$ 1.045.

A correção considera a estimativa da inflação acumulada neste ano conforme o Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC), de 4,1%.

A proposta, que será analisada pelo Congresso em sessão marcada para dia 16 de dezembro, avalia que cada R$ 1 a mais no salário mínimo eleva as despesas líquidas em R$ 304,9 milhões no ano.

Segundo informação divulgada na CNN Brasil, "outros parâmetros econômicos para 2021 também foram corrigidos em relação aos de abril, quando a LDO foi proposta inicialmente com uma meta fiscal flexível".

Entre os parâmetros corrigidos:

  • a taxa de crescimento real do PIB que oscilou de 3,3% para 3,2%;
  • a inflação medida pelo IPCA e acumulada no ano baixou de 3,6% para 3,2%;
  • a taxa de juros Selic, na média anual, caiu de 4,4% para 2,1%;
  • e a taxa de câmbio média no ano, antes prevista em R$ 4,30, foi a R$ 5,30.
Contém informações da/o CNN Brasil e Valor Econômico.
Você está sendo roubado! O sistema usa o seu dinheiro, abusa de privilégios e cria leis para se blindar. O MBL vai na contramão desse sistema, lutando contra o Foro Privilegiado, Fundão e na defesa da prisão em segunda Instância e reformas. A batalha é desequilibrada, nós só podemos contar com você. Doe para o MBL clicando aqui.
continua em outra matéria