PTB, de Roberto Jefferson, pode ajudar na derrota de Bolsonaro
O partido estuda seguir o caminho do MDB-DEM e deixar o bloco liderado por Arthur Lira

Após a debandada do DEM e MDB do bloco partidário liderado pelo deputado Arthur Lira, outros partidos do dito centrão avaliam também abandonar o barco, dentre eles, o PTB, do mais novo herói bolsonarista, Roberto Jefferson.

Roberto Jefferson
Roberto Jefferson (Pablo Valadares/Agência Câmara)

O racha entre os partidos de centro significou uma derrota do presidente Jair Bolsonaro, que não só perdeu 63 parlamentares da sua base, como seu principal aliado na Casa, Arthur Lira, ganhou um forte concorrência para a presidência da Câmara.

Baleia Rossi, presidente do MDB, conta com apoio de Rodrigo Maia para sucedê-lo, além de ter um longo histórico de coligação com Gilberto Kassab, cabeça do PSD, partido que hoje integra a base do "centrão bolsonarista", mas pode fortalecer a candidatura de Rossi futuramente.

O PTB de Roberto Jefferson está avaliando deixar o bloco do centrão, o que pode rachar ainda mais a bases do executivo no parlamento e enfraquecer a candidatura de Lira, representante e articulador informal do Planalto no Congresso.

continua em outra matéria