PT e PSOL comemoram ataques de Aras à Lava Jato
Base bolsonarista também está contente com o fim da operação

O PT (Partido dos Trabalhadores) e o PSOL (Partido Socialismo e Liberdade) estão satisfeitos com os recentes ataques do procurador-geral da República à Operação Lava Jato.

O deputado federal Ivan Valente (PSOL-SP) defendeu a investigação de todas as "práticas ilegais, imorais e politicamente dirigidas por parte da operação [Lava Jato]", segundo o Estadão.

Os ataques de Aras reacenderam o debate acerca da instauração de uma CPI que apure as supostas ilegalidades da Lava Jato. O deputado federal Paulo Pimenta (PT-RS) já afirmou ser favorável à investigação.

"Não é uma especulação qualquer. É o procurador-geral da República, é o chefe do Ministério Público Federal, dizendo que a Lava Jato criou uma milícia judicial, que dispõe de informações sobre 38 mil brasileiros", afirmou o deputado, se referindo a um dos ataques de Aras.

A base bolsonarista também deseja investigar a Operação Lava Jato. A deputada Carla Zambelli (PSL-SP) afirmou: "Por que há tanto medo, dentro da força-tarefa de Curitiba, de que o Aras investigue o que eles estão fazendo?"

continua em outra matéria