Projeção do PIB brasileiro despenca para -9,1% em 2020
O Fundo Monetário Internacional quase dobrou a estimativa de queda da economia no País

O Fundo Monetário Internacional (FMI) atualizou as projeções da economia dos países e fez a projeção de queda do Produto Interno Bruto (PIB) do Brasil em 2020 quase dobrar, saindo de -5,3% em abril para -9,1%. Para 2021, o FMI elevou a estimativa de crescimento de 2,9% para 3,6%.

Paulo Guedes
Paulo Guedes (Hugo Barreto/Metrópoles)

O abalo na economia doméstica provocado pela pandemia do novo coronavírus -- que inclusive provocou efeitos muito ruins na confiança de consumidores e de empresários -- foi um dos fatores determinantes da nova estimativa do Fundo.

Além disso, o ambiente externo ficou negativo com a crise internacional gerada pela Covid-19, o que abalou o fluxo de capitais para emergentes e os preços de commodities.

“Na América Latina, onde muitos países continuam lutando para conter infecções, as duas maiores economias, Brasil e México, têm estimativa de contração de 9,1% e 10,5%, respectivamente em 2020”, destacou o FMI.

continua em outra matéria