Planalto teme língua solta de Pazuello
Ex-ministro da Saúde pode acabar sofrendo pressão e revelar segredos do governo em CPI da Covid

O Palácio do Planalto encontra-se temeroso com a possibilidade de o ex-ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, soltar o verbo na Comissão Parlamentar de Inquérito instalada para investigar a gestão do governo durante a pandemia do coronavírus.

Eduardo Pazuello e Jair Bolsonaro
Eduardo Pazuello e Jair Bolsonaro (Imagem: Reprodução/Sérgio Lima)

A preocupação do governo é que o núcleo ideológico enfraquecido, formado por apoiadores mais radicais do presidente Jair Bolsonaro, e o núcleo militar possam provocar uma série de questionamentos em cima de Eduardo Pazuello na CPI da Covid.

Além disso, seguidores olavistas também podem ser convocados para depoimento na CPI a fim de apontar erros do ex-ministro da Saúde, o que pode levar Pazuello a abrir a boca e acabar revelando segredos do governo, colocando a cabeça de Bolsonaro a prêmio.

Eduardo Pazuello pode acabar falando mais assim como fez Fábio Wajngarten, o ex-secretário de Comunicação, à revista Veja.

Contém informações da/o O Globo.
Você está sendo roubado! O sistema usa o seu dinheiro, abusa de privilégios e cria leis para se blindar. O MBL vai na contramão desse sistema, lutando contra o Foro Privilegiado, Fundão e na defesa da prisão em segunda Instância e reformas. A batalha é desequilibrada, nós só podemos contar com você. Doe para o MBL clicando aqui.
continua em outra matéria