Pazuello tem processo no Exército arquivado
O Ex-Ministro se safou de ser expulso da ativa

Parece que o Exército brasileiro não cansa de passar vergonha aliado à Jair Bolsonaro. Nesta quinta (3), a instituição informou que o Ex-ministro da Saúde Eduardo Pazuello teve o procedimento administrativo que o investigava por participação em atos políticos arquivado. Segue o informativo:

bolsonaro-e-ex-ministro-da-saude-pazuello
bolsonaro-e-ex-ministro-da-saude-pazuello

“Acerca da participação do General de Divisão EDUARDO PAZUELLO em evento realizado na Cidade do Rio de Janeiro, no dia 23 de maio de 2021, o Centro de Comunicação Social do Exército informa que o Comandante do Exército analisou e acolheu os argumentos apresentados por escrito e sustentados oralmente pelo referido oficial-general.

Desta forma, não restou caracterizada a prática de transgressão disciplinar por parte do General PAZUELLO.

Em consequência, arquivou-se o procedimento administrativo que havia sido instaurado”.

Portanto, Pazuello não será punido por romper com o papel das Forças Armadas, que sempre foi de manter a ordem no estado sem manifestar-se politicamente. Uma claro aceno de que o Exército Brasileiro está disposto a estragar sua imagem para proteger os poucos que ganham cargos no Governo Bolsonaro.

Você está sendo roubado! O sistema usa o seu dinheiro, abusa de privilégios e cria leis para se blindar. O MBL vai na contramão desse sistema, lutando contra o Foro Privilegiado, Fundão e na defesa da prisão em segunda Instância e reformas. A batalha é desequilibrada, nós só podemos contar com você. Doe para o MBL clicando aqui.
continua em outra matéria