Países europeus processam AstraZeneca
A farmacêutica não está respeitando o prazo de fornecimento das vacinas contar Covid

De acordo com a Comissão Europeia, a empresa AstraZeneca não tem respeitado o acordo de prazo de fornecimento das vacinas. A Comissão entrou com uma ação legal uma vez que alega que a empresa não oferece um plano confiável que garanta a entrega dos imunizantes contra Covid.

Vacina Astrazeneca
Vacina Astrazeneca (Imagem: Hannibal Hanschke/Reuters)

No início do ano, a farmacêutica já havia avisado sobre o atraso da entrega de 300 milhões de doses. O acordo estipulava um prazo de entrega de até o mês de junho.

Em um comunicado de 12 de março, a AstraZeneca informou que conseguiria cumprir com o fornecimento de apenas um terço da demanda.

No entanto, o contrato consta com parágrafos que protegem legalmente a farmacêutica de eventuais atrasos. A partir daí, os representantes europeus passaram a proferir críticas à AstraZeneza. Todos os 27 países do bloco estão apoiando a ação.

Contém informações da/o G1 Notícias e O Antagonista.
Você está sendo roubado! O sistema usa o seu dinheiro, abusa de privilégios e cria leis para se blindar. O MBL vai na contramão desse sistema, lutando contra o Foro Privilegiado, Fundão e na defesa da prisão em segunda Instância e reformas. A batalha é desequilibrada, nós só podemos contar com você. Doe para o MBL clicando aqui.
continua em outra matéria