Pacote contra corrupção apresentado por vereador do MBL é elogiado por Moro
A proposta de Ramiro Rosário é fruto de sua experiência combatendo a corrupção no extinto DEP

Mais uma vez o MBL mostra que seus membros permanecem fieis às pautas que os colocaram no centro do cenário político. Nesta quarta-feira (18), Sergio Moro, ex-juiz da Lava Jato responsável pela condenação de grande parte da corja petista - vide o ex-presidiário Luiz Inácio Lula da Silva -, elogiou o pacote de propostas contra a corrupção na gestão pública apresentado pelo vereador reeleito Ramiro Rosário (PSDB-RS).

A chamada "vacina contra o vírus da corrupção" é fruto da experiência do parlamentar como Secretário Municipal de Serviços Urbanos de Porto Alegre (SMURB), quando bateu de frente com a corrupção instalada em órgãos como o extinto Departamento de Esgotos Pluviais (DEP). Em 2016, veio à tona que empresas terceirizadas contratadas pelo DEP teriam cobrado por serviços não executados, o que levou à denúncia de 08 pessoas por associação criminosa, corrupção, peculato e falsidade ideológica.

Conforme mostramos há alguns meses, a proposta de Ramiro Rosário visa corrigir falhas na gestão e fiscalização de contratos com a Administração Pública, a partir de regras mais claras que aumentarão a segurança jurídica nos contratos. O pacote também prevê o uso de tecnologias mais modernas, que conferem maior transparência e celeridade, além de permitirem o monitoramento constante das atividades executadas pelos contratados.

A iniciativa do vereador já foi elogiada e até adotada por mandatários de outros Estados, por se tratar do mais moderno e completo pacote de medidas contra a corrupção no setor público.

Você está sendo roubado! O sistema usa o seu dinheiro, abusa de privilégios e cria leis para se blindar. O MBL vai na contramão desse sistema, lutando contra o Foro Privilegiado, Fundão e na defesa da prisão em segunda Instância e reformas. A batalha é desequilibrada, nós só podemos contar com você. Doe para o MBL clicando aqui.
continua em outra matéria