Outra estatal perde R$ 10,5 bilhões
Não foi só a Petrobrás que ficou no prejuízo

O mercado abriu e não para de punir o Brasil pelas ações do desgoverno de Jair Bolsonaro. Agora foi a vez do Banco do Brasil, que teve um acúmulo de perda de R$ 10,5 bilhões em valor de mercado nesta segunda-feira (22). Tudo isso por causa do receio de uma eventual interferência do presidente na Petrobrás.

Jair Bolsonaro (Imagem: Adriano Machado/Reuters)

Segundo o informações do Antagonista, com queda de 11%, as ações do banco estatal estão 42% abaixo da cotação dos papéis dos bancos privados - quase alcançando à diferença de 46% do governo da Dilma, quando usou o Banco do Brasil e a Caixa Econômica Federal para oferecer créditos a juros baixos.

Vale lembrar aos caros leitores que, em janeiro ano, o presidente do BB, André Brandão - braço direito do ministro Paulo Palestra Guedes, quase foi exonerado por Bolsonaro.

Qual outra estatal perderá seu valor com Bolsonaro?

Contém informações da/o O Antagonista.
Você está sendo roubado! O sistema usa o seu dinheiro, abusa de privilégios e cria leis para se blindar. O MBL vai na contramão desse sistema, lutando contra o Foro Privilegiado, Fundão e na defesa da prisão em segunda Instância e reformas. A batalha é desequilibrada, nós só podemos contar com você. Doe para o MBL clicando aqui.
continua em outra matéria