MPF recorre sobre afastamento de Ricardo Salles
Os procuradores avaliaram que a gestão do ministro vai em "direção contrária" da proteção ambiental

Nesta segunda-feira (28), o Ministério Público Federal (MPF) recorreu ao TRF-1 e pediu que a corte decida sobre um pedido de afastamento do ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, que espera a decisão desde julho deste ano, segundo informações do O GLOBO.

Na análise dos procuradores, a gestão do ministro vai em "direção contrária" da proteção ambiental e tem resultado "consequências trágicas".

O pedido faz parte da luta travada entre o MPF e a União na Justiça Federal em torno da permanência de Salles no comando do ministério - ele é alvo de suas ações por improbidade administrativa movidas pelo Ministério Público.

Entretanto, a Procuradoria-Geral da República (PGR) não atendeu até agora ao pedido do ministro do Supremo, Alexandre de Moraes - feito no início de julho - para que desse um posicionamento sobre o afastamento de Ricardo Salles.

Ajude a manter o MBL na luta!
Contém informações da/o O Antagonista.
Você está sendo roubado! O sistema usa o seu dinheiro, abusa de privilégios e cria leis para se blindar. O MBL vai na contramão desse sistema, lutando contra o Foro Privilegiado, Fundão e na defesa da prisão em segunda Instância e reformas. A batalha é desequilibrada, nós só podemos contar com você. Doe para o MBL clicando aqui.
continua em outra matéria