Maia segue Toffoli e quer prazo para juízes não se candidatarem
A medida inviabiliza uma possível candidatura de Sergio Moro e tira o ex-ministro do jogo político

O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), afirmou agora há pouco que concorda com o ministro Dias Toffoli sobre a necessidade de se estabelecer um novo prazo para que juízes fiquem impedidos de disputar eleições.

Dias Toffoli e Rodrigo Maia
Dias Toffoli e Rodrigo Maia (Luis Macedo/Câmara)

O presidente do Supremo Tribunal Federal (STF) defendeu um prazo de oito anos para que juízes e membros do Ministério Público possam disputar eleições, o que inviabilizaria uma possível candidatura do ex-ministro da Justiça Sergio Moro.

“Eu acho que o nosso presidente Toffoli está correto. Já existem projetos tramitando na casa e essa matéria está sendo amadurecida e está muito perto de se chegar a um entendimento de que as carreiras não podem ser utilizadas como trampolim. A estrutura do Estado não pode ser usada como trampolim pessoal”, afirmou Maia.

continua em outra matéria