Maia diz que Moro é extrema direita
O presidente da Câmara dos Deputados não apoiaria uma chapa com o ex-juiz

O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, já está opinando sobre as eleições de 2022. Ele diz que não apoiaria uma chapa com o ex-juiz Sérgio Moro, caso haja candidatura.

Segundo Maia, o ex-ministro da Justiça e da Segurança Pública é uma pessoa que carrega ideia de extrema direita. Ele afirmou: "Não posso apoiar uma chapa integrada por alguém de extrema direita".

O presidente da Câmara declarou que Moro demonstrou ser de extrema direita quando defendeu propostas de isentar policiais de punições caso cometessem crimes em ação.

"Moro já defendeu ideias e divide a parte do eleitorado de extrema direita com Bolsonaro. Por isso ele cai nas pesquisas quando disputa com o presidente", falou Maia.

Em matéria divulgada nesta segunda-feira (9), Sérgio Moro expôs sobre as especulações para as eleições de 2022, além de admitir que o apresentador Luciano Huck e ele se reuniram para conversar sobre o país.

Contém informações da/o Folha de São Paulo.
Você está sendo roubado! O sistema usa o seu dinheiro, abusa de privilégios e cria leis para se blindar. O MBL vai na contramão desse sistema, lutando contra o Foro Privilegiado, Fundão e na defesa da prisão em segunda Instância e reformas. A batalha é desequilibrada, nós só podemos contar com você. Doe para o MBL clicando aqui.
continua em outra matéria