Madonna publica vídeo defendendo cloroquina e Instagram bloqueia
Conteúdo já havia sido apontado como falso. Trump também compartilhou. Fãs cobram retratação

Na noite desta terça-feira (28), a diva pop Madonna se tornou assunto do momento ao compartilhar um vídeo da médica Stella Immanuel defendendo a cloroquina no tratamento de pacientes com COVID-19. Além de ter a publicação bloqueada pelo Instagram, sob a justificativa de que o conteúdo era falso, Madonna irritou seus fãs, que agora pedem esclarecimentos à cantora.

No vídeo, a médica afirma que a cura para o coronavírus "se chama hidroxicloroquina". Na descrição da postagem, que foi apagada após a advertência da rede social sobre o conteúdo ser falso, Madonna escreveu que "algumas pessoas não querem ouvir a verdade, especialmente as que lucram com a longa busca pela vacina" e que a cura para a COVID-19 "está disponível há meses". Os fãs da diva pop ficaram indignados com a postagem. Alguns brincaram que ela devia ter sido hackeada, outros cobraram uma retratação.

O referido vídeo é o mesmo compartilhado pelo presidente americano, Donald Trump, e seu filho. Trump Júnior chegou a dizer que era imprescindível assistir ao vídeo, mas as principais plataformas - Facebook, Twitter e YouTube - ja o retiraram do ar por considerar propagação de fake news. O presidente Jair Bolsonaro alega que se curou graças à hidroxicloroquina, embora seu visível inchaço segunda-feira (27) tenha feito internautas questionarem o possível uso de corticoides ou outros medicamentos para atenuar os efeitos colaterais da "cura milagrosa".

continua em outra matéria