Luiza Trajano responde se será candidata do PT em 2022
Os petistas acreditam que precisam "reconectar" com o setor produtivo

A empresária Luiza Trajano, da Magazine Luiza, ganhou destaque na mídia esse ano ao liderar uma campanha para que todos os brasileiros sejam vacinados contra a Covid-19 até setembro.

Luiza Trajano
Luiza Trajano (World Economic Forum/Benedikt von Loebell)

Com isso, partidos cresceram o olho. O vice-presidente do PT, Washington Quaquá, concedeu uma entrevista ao Estadão na qual afirmou que o partido precisa se “reconectar” com o setor produtivo e com o eleitor de centro. Para ele, a empresária seria essa ponte como candidata a vice presidente na chapa petista de 2022.

No entanto, Trajano emitiu uma nota para responder as especulações em torno de seu nome como vice de Lula.

“Não fui procurada por nenhum partido político e não entendo essa especulação envolvendo meu nome. Minha atuação se dá por meio da sociedade civil organizada, em movimentos como o Grupo Mulheres do Brasil e o Unidos pela Vacina, sem pretensão de ocupar cargos eletivos.”

Você está sendo roubado! O sistema usa o seu dinheiro, abusa de privilégios e cria leis para se blindar. O MBL vai na contramão desse sistema, lutando contra o Foro Privilegiado, Fundão e na defesa da prisão em segunda Instância e reformas. A batalha é desequilibrada, nós só podemos contar com você. Doe para o MBL clicando aqui.
continua em outra matéria