Ídolo bolsonarista, Roberto Jefferson será investigado pelo MPF
O mensaleiro novamente se torna alvo de investigações

O Ministério Público Federal (MPF) suspeita que o ídolo bolsonarista, Roberto Jefferson, usou fundo partidário da sua legenda, o PTB, para disseminar fake news e mensagens de ódio nas redes sociais. O vice-procurador eleitoral, Renato Brill de Góes, abriu um procedimento para apurar o eventual uso indevido da verba. 

Roberto Jefferson
Roberto Jefferson (Reprodução/Twitter)

A investigação vai escrutinar as prestações de contas do partido dos últimos cinco exercícios financeiros. O procedimento teve início depois de o Supremo Tribunal Federal (STF) encaminhar aos procuradores representação do Conselho Federal da OAB contra Jefferson.

A suspeita é de que há um esquema de financiamento público, por meio dos repasses do fundo partidário, para patrocinar "os ataques ostensivos e reiterados às instituições democráticas e à própria democracia". Quem poderia imaginar isso de um condenado no mensalão?

Você está sendo roubado! O sistema usa o seu dinheiro, abusa de privilégios e cria leis para se blindar. O MBL vai na contramão desse sistema, lutando contra o Foro Privilegiado, Fundão e na defesa da prisão em segunda Instância e reformas. A batalha é desequilibrada, nós só podemos contar com você. Doe para o MBL clicando aqui.
continua em outra matéria