'EngavetAras' defende foro privilegiado de Flávio Bolsonaro
PGR de Bolsonaro manifestou-se pela rejeição da ADI que contesta a concessão do privilégio ao senador

Surpreendendo a um total de zero pessoas, o "engavetador-geral" da República, Augusto Aras, que parece atuar como advogado informal da família Bolsonaro nas horas vagas, defendeu a rejeição da Ação Direta de Inconstitucionalidade que questiona a concessão da prerrogativa de foro privilegiado ao senador Flávio Bolsonaro no caso das "rachadinhas". A ADI foi proposta pelo Partido REDE-Sustentabilidade.

Segundo "EngavetAras", não seria cabível esse tipo de ação no presente caso, que está sob relatoria do ministro do Supremo Tribunal Federal, Celso de Mello. Não é a primeira vez que o PGR escolhido a dedo por Jair Bolsonaro sai em defesa do filho mais velho do presidente da República. Na Reclamação movida pelo Ministério Público do Rio de Janeiro, cuja relatoria é do ministro Gilmar Mendes, Aras também manifestou-se pela rejeição do recurso.

Ajude a manter o MBL na luta!

Nesse caso, o PGR citou a Reclamação, entendendo que seria a via legal adequada para discutir o assunto, embora também tenha defendido o senador naquele caso. Flávio Bolsonaro é investigado por suposto esquema de rachadinhas, comandado por seu ex-assessor, Fabrício Queiroz, quando foi deputado estadual da Assembleia Legislativa do RJ. Em junho, a 3ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça estadual concedeu foro privilegiado ao parlamentar, mesmo que ele não ocupe mais o cargo na ALERJ.

Ajude a manter o MBL na luta!
Contém informações da/o O GLOBO.
Você está sendo roubado! O sistema usa o seu dinheiro, abusa de privilégios e cria leis para se blindar. O MBL vai na contramão desse sistema, lutando contra o Foro Privilegiado, Fundão e na defesa da prisão em segunda Instância e reformas. A batalha é desequilibrada, nós só podemos contar com você. Doe para o MBL clicando aqui.
continua em outra matéria