Deseperada, governadora pede AJUDA de aliados de Bolsonaro
Daniela Reinehr teme perder o cargo por medo de investigações

Daniela Reinehr (sem partido), governadora de Santa Catarina, esteve em Brasília dias atrás buscando apoio do presidente da Câmara Arthur Lira (PP-AL) e do senador Ciro Nogueira (PP-PI) para se manter no cargo.

Daniela Reinehr
Daniela Reinehr Foto: Divulgação/Secom

Ela jantou com Lira na residência oficial do presidente da Câmara e teve um encontro na residência do senador Ciro Nogueira - segundo fontes ligadas à governadora. Entretanto, durante os encontros, os parlamentares alegaram que teriam pouco poder de influência sobre os deputados catarinenses integrantes do Tribunal Misto.

Ou seja, nem os bolsonaritas conseguem ajuda de Bolsonaro e de seus aliados quando isto não os favorece.

Ela também esteve recentemente com Carla Zambelli e a advogada Karina Kufa, que defende Bolsonaro em ações no TSE.

Daniela havia assumido o governo de forma provisória no final de março, após Carlos Moisés ter sido afastado pela segunda vez, acusado de envolvimento em esquema de desvios de recursos na compra de 200 respiradores. Segundo O Antagonista, a investigação relacionada à fraude na compra de respiradores pelo governo de Santa Catarina pode atingir o empresário Samuel Rodovalho, filho do bispo Robson Rodovalho, fundador da igreja evangélica Sara Nossa Terra e governista.

A PGR diz que não há indícios de participação de Moisés no esquema. Um pedido de impeachment já foi arquivado, mas outro ainda será apreciado pelo Tribunal Misto.

Contém informações da/o O Antagonista.
Você está sendo roubado! O sistema usa o seu dinheiro, abusa de privilégios e cria leis para se blindar. O MBL vai na contramão desse sistema, lutando contra o Foro Privilegiado, Fundão e na defesa da prisão em segunda Instância e reformas. A batalha é desequilibrada, nós só podemos contar com você. Doe para o MBL clicando aqui.
continua em outra matéria