Decotelli não fez pós-doutorado na Alemanha, diz universidade
Na semana passada, o MEC havia informado que o novo ministro da Educação possuía um pós-doutorado na instituição

Nesta segunda-feira (29), a Universidade de Wuppertal, na Alemanha, negou que o novo ministro da Educação, Carlos Alberto Decotelli, tenha obtido pós-doutorado na universidade, entre 2015 a 2017, como o MEC informou inicialmente, na semana passada.

Por e-mail, a Universidade de Wuppertal informou que Decotelli esteve na instituição em 2016, para uma pesquisa de três meses, na cadeira da professora Brigitte Wolf, emérita na entidade.

Na mensagem, a instituição limitou-se a confirmar que o ministro não obteve o título em Wuppertal e que a instituição não fazia "declarações sobre outros títulos obtidos".

Na última sexta-feira (26), a Universidade Nacional de Rosário, na Argentina, afirmou que Decotelli foi reprovado no doutorado, apesar da conclusão dos créditos. Portanto, sem doutorado, o ministro não poderia fazer um pós-doutorado na universidade alemã.

Ajude a manter o MBL na luta!

Já no sábado (27), foi revelado que o ministro da Educação teria plagiado seu artigo de mestrado.

Para um ministro de Bolsonaro, Decotelli começou muito bem.

Contém informações da/o Valor Econômico.
Você está sendo roubado! O sistema usa o seu dinheiro, abusa de privilégios e cria leis para se blindar. O MBL vai na contramão desse sistema, lutando contra o Foro Privilegiado, Fundão e na defesa da prisão em segunda Instância e reformas. A batalha é desequilibrada, nós só podemos contar com você. Doe para o MBL clicando aqui.
continua em outra matéria