Debate sobre data da vacinação está polarizado - segundo Mourão
O vice-presidente disse que não há condições de apresentar uma data para a vacinação

Na segunda-feira (14), o vice-presidente, Hamilton Mourão contou que o Ministério da Saúde não tem condições de apresentar uma data para a vacinação contra a Covid-19 nos próximos dias. Ele afirmou que o debate sobre o tema está "precipitado" e "polarizado" - segundo O Globo. Na entrada do Palácio do Planalto, Mourão disse:

Hamilton Mourão
Hamilton Mourão (Reprodução/Internet)

"Acho que não (é possível apresentar). A data é o Dia D. Vamos fazer um exercício mental. Eu tenho que colocar a vacina em todo o território nacional. Não é só a vacina. Eu tenho que colocar seringa. Eu tenho que ter pessoal especializado distribuído, bonitinho, em todo o território"

Ajude a manter o MBL na luta!

O STF havia determinado no domingo (13) que a pasta esclareça em 48 horas, quais serão as datas de início e término do plano nacional de imunização contra a Covid-19. E neste dia também, o Ministério da Saúde afirmou que não estabelecerá um calendário exato para a vacinação, até que as vacinas sejam aprovadas pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).


Contém informações da/o Gazeta do Povo.
Você está sendo roubado! O sistema usa o seu dinheiro, abusa de privilégios e cria leis para se blindar. O MBL vai na contramão desse sistema, lutando contra o Foro Privilegiado, Fundão e na defesa da prisão em segunda Instância e reformas. A batalha é desequilibrada, nós só podemos contar com você. Doe para o MBL clicando aqui.
continua em outra matéria