Damares afasta membros de entidade que pediu impeachment de Bolsonaro
Coalizão Negra protocolou um pedido de impeachment contra o presidente Jair Bolsonaro em razão da morte de mais de 100 mil pessoas vítimas da Civid-19

Nesta quinta-feira, o Diário Oficial da União publicou uma portaria assinada pela ministra Damares Alves anulando as designações de diversas pessoas ligadas a movimentos que integram a Coalizão para o Conselho Nacional de Promoção da Igualdade Racial.

Damares Alves cancelou mandatos de sete integrantes da Coalizão Negra, um dia depois de a entidade ter pedido o impeachment de Jair Bolsonaro.

Ajude a manter o MBL na luta!

Na quarta-feira, a Coalizão Negra protocolou um pedido de impeachment contra o presidente Jair Bolsonaro em razão da morte de mais de 100 mil pessoas vítimas da Civid-19. O pedido conta com o apoio de mais de 600 entidades e instituições de todo o país, além de centenas de pessoas que exercem as mais diversas atividades. Outras personalidades também assinam o documento.

Você está sendo roubado! O sistema usa o seu dinheiro, abusa de privilégios e cria leis para se blindar. O MBL vai na contramão desse sistema, lutando contra o Foro Privilegiado, Fundão e na defesa da prisão em segunda Instância e reformas. A batalha é desequilibrada, nós só podemos contar com você. Doe para o MBL clicando aqui.
continua em outra matéria