Covid-19: Paraná fechará acordo com Rússia para produzir vacina
Trata-se do primeiro registro de vacina contra a Covid-19 feito no mundo

O governo do Estado do Paraná deve assinar um acordo com a Rússia nesta quarta-feira (12) para produzir a vacina contra o novo coronavírus. A informação foi divulgada pelo presidente do Tecpar (Instituto de Tecnologia do Paraná), Jorge Callado, nesta terça-feira (11).

"É importante não queimar etapas, e a investigação é fundamental agora. Como o termo prevê estudos e validações, não vejo a possibilidade de atrasos", afirmou Callado em entrevista à GloboNews.

O presidente do Tecpar afirmou que é possível que a terceira fase de testes clínicos (feita em humanos) seja feita no Brasil. "Estamos esperando que os resultados sejam positivos", relatou.

A parceria entre o Paraná e a Rússia foi discutida em 24 de julho, em Brasília, durante reunião entre o Secretário da Casa Civil, Guto Silva, e o embaixador da Rússia no Brasil, Sergey Akopov.

"Tivemos a aprovação do embaixador e agora os protocolos do acordo serão preparados pelas equipes do Paraná e da Rússia", afirmou Guto Silva.

Nesta terça-feira (11), o presidente russo Vladmir Putin anunciou que a vacina recebeu aprovação regulatória do ministério da Saúde da Rússia. Trata-se do primeiro registro de vacina contra a Covid-19 feito no mundo.

continua em outra matéria