Comandante do Exército desmente Pazuello sobre cloroquina
Pazuello mentiu para o senador Alessandro Vieira sobre Cloroquina e comandante do Exército mandou resposta para a CPI; confira

"Eu não comprei nenhum comprimido de hidroxicloroquina", disse Pazuello em resposta ao questionamento do senador Alessandro Vieira, no dia 20, na CPI. Em documento obtivo pelo O Antagonista ontem, a história é outra.

Eduardo Pazuello na CPI da Pandemia
Eduardo Pazuello na CPI da Pandemia (Imagem: Jefferson Rudy/Agência Senado)

"O gabinete do comandante do Exército enviou à CPI da Covid ofício informando que, no ano de 2020, foram produzidos 3.229.910 comprimidos de cloroquina, a pedido do Ministério da Saúde, para enfrentamento da pandemia."

“Em 2018 foram distribuídos 259.470 comprimidos, o que foi suficiente para atender a demanda dos anos de 2018 e 2019.”

E continua: “O Laboratório Químico Farmacêutico do Exército, como parte integrante do Complexo Industrial de Saúde do País, tem internalizado em sua rotina produtiva o atendimento às demandas do Ministério da Saúde em prol da sociedade.”

O Exército informa ainda que a produção de cloroquina foi distribuída aos estados, “conforme pauta definida pelo Ministério da Saúde”, e lista o quantitativo encaminhado a cada unidade da federação.

Você está sendo roubado! O sistema usa o seu dinheiro, abusa de privilégios e cria leis para se blindar. O MBL vai na contramão desse sistema, lutando contra o Foro Privilegiado, Fundão e na defesa da prisão em segunda Instância e reformas. A batalha é desequilibrada, nós só podemos contar com você. Doe para o MBL clicando aqui.
continua em outra matéria