Carta aberta de países europeus a Mourão pode afetar produtos brasileiros
Oito países pediram fiscalização sobre o desmatamento

Em carta aberta a Hamilton Mourão, vice-presidente, oito países europeus, Alemanha, Bélgica, Dinamarca, França, Itália, Noruega, Holanda e Reino Unido, expressaram preocupação em relação ao avanço do desmatamento da Amazônia. Sete países são integrantes da Parceria das Declarações de Amsterdã, exceto a Bélgica.

O grupo de países cobrou medidas urgentes dos governantes brasileiros, a fim de conter o desmatamento e ressaltaram o interesse da sociedade europeia em estender a produção sustentável de alimentos.

"Enquanto os esforços europeus buscam cadeias de suprimento não vinculadas ao desflorestamento, a atual tendência crescente de desflorestamento no Brasil está tornando cada vez mais difícil para empresas e investidores atender a seus critérios ambientais, sociais e de governança.", diz trecho da carta.

No documento, mencionam que o Brasil foi hábil em ações do passado quando expandiu a produção agrícola e, ao mesmo tempo, reduziu o desmatamento. O atual momento é delicado à política brasileira no âmbito comercial, visto que a União Europeia ameaça inviabilizar o acordo com o Mercosul.

Contém informações da/o Estadão.
continua em outra matéria