Butanvac é a nova vacina do Butantan contra a Covid
A produção da nova vacina contra o coronavírus é 100% nacional

O diretor do Instituto Butantan, Dimas Covas, e o governador de São Paulo, João Dória, anunciaram, na manhã desta sexta-feira (26), a criação de uma nova vacina contra a Covid-19, a Butanvac. O pedido de autorização para iniciar os ensaios clínicos com seres humanos será feito à Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) ainda no mesmo dia.

Dimas Covas e João Doria durante coletiva para anunciar a Butanvac
Dimas Covas e João Doria durante coletiva para anunciar a Butanvac (Imagem: Reprodução/OAntagonista)

A autorização da Butanvac se refere às fases 1 e 2 de testes da vacina, em que serão avaliadas segurança e capacidade de desenvolver resposta imune com 1.800 voluntários. Na fase 3, com até 9 mil indivíduos, é estipulada sua eficácia.

A tecnologia utilizada leva o vírus inativado de uma gripe aviária, chamada doença de Newcastle, como vetor para transportar para o corpo do paciente a proteína S (de spike, espícula) integral do Sars-CoV-2.

Butanvac lidera um consórcio internacional do qual ele é o principal produtor. Caso funcionar, 85% da capacidade total de fornecimento da vacina sairá do órgão do governo paulista. A vacina será testada nos outros dois países participantes do consórcio, Vietnã e Tailândia. Na Tailândia, a fase 1 já começou.

Os testes pré-clínicos, nos quais são avaliados em animais efeitos positivos e toxicidade, já foram realizados pelo instituto.

O Butantan é o maior produtor de vacinas do Brasil e foi ele que distribuiu as primeiras doses da Coronavac ao país.

Contém informações da/o Folha de S.Paulo.
Você está sendo roubado! O sistema usa o seu dinheiro, abusa de privilégios e cria leis para se blindar. O MBL vai na contramão desse sistema, lutando contra o Foro Privilegiado, Fundão e na defesa da prisão em segunda Instância e reformas. A batalha é desequilibrada, nós só podemos contar com você. Doe para o MBL clicando aqui.
continua em outra matéria