Bolsonaro USA Lula para defender voto impresso
Capitão Cloroquina alega que o ex-presidiário foi solto para ser eleito por meio de uma fraude. Veja o vídeo

Nesta sexta-feira (14), o presidente Jair Bolsonaro em discurso acusou que Lula só foi solto para ser eleito por meio de uma fraude - curiosamente, a mesma retórica que Trump usou nas eleições americanas. Mas não apresentou prova alguma para isso. E utilizou-se dessa explicação para defender o voto impresso. A pauta do voto impresso vem sendo fortemente defendida por ele e seus apoiadores no momento, com a alegação de que serviria para impedir que o país "se torne uma Venezuela".

Jair Bolsonaro
Jair Bolsonaro (Imagem: Isac Nóbrega/PR)

Bolsonaro falou ao público que o assistia:

"Agora vejam o que acontece em alguns países aqui da América do Sul, o que aconteceu com a Venezuela, o que está acontecendo com a Argentina. Queremos isso para nós?"

"Porque um bandido foi posto em liberdade, foi tornado elegível no meu entender para ser presidente. Na fraude! Ele só ganha na fraude, no ano que vem e eu tenho falado, se o Congresso Nacional votar e promulgar uma PEC do voto impresso teremos voto impresso no ano que vem. Eleições, dali para frente só com voto impresso"

Bolsonaro disse a não muito tempo que não estava preocupado com eleições (e realmente, seu foco deveria ser a pandemia, deveria ser as vacinas). Porém, como o Lula agora elegível vem ganhando força, ele definitivamente começou sua campanha. Seu principal adversário ainda continua elogiando ditaduras de esquerda em pleno 2021 (e isso acaba dando razão para o atual presidente), embora queira se colocar como nome "de centro". Nós estamos no pior cenário possível, temos dois canalhas tentando desde já tentando abrir caminho para tomar o poder em 2022. Resta-nos a esperança de que uma terceira via surja o quanto antes para se fortalecer.

Você está sendo roubado! O sistema usa o seu dinheiro, abusa de privilégios e cria leis para se blindar. O MBL vai na contramão desse sistema, lutando contra o Foro Privilegiado, Fundão e na defesa da prisão em segunda Instância e reformas. A batalha é desequilibrada, nós só podemos contar com você. Doe para o MBL clicando aqui.
continua em outra matéria