Autoridades dos EUA interceptam pacote com 'ricina' enviado a Trump
Ricina é uma substância tóxica extraída da mamona e que costuma ser utilizada por terroristas

No começo da semana, autoridades policiais dos Estados Unidos interceptaram um pacote com ricina - substância tóxica extraída da mamona e utilizada em ataques terroristas - que seria endereçado ao presidente americano, Donald Trump. A informação veio de dois policiais. O pacote parece ter vindo do Canadá.

O pacote não chegou ao destinatário porque toda a correspondência oficial enviada à Casa Branca passa por um processo de classificação e filtragem em uma instalação externa. Dois testes foram realizados com o conteúdo da correspondência para confirmar a presença de ricina. Por sua toxicidade elevada, uma vez ingerida a ricina causa náuseas, vômitos e sangramento interno do estômago e intestino, seguido de insuficiência hepática, baço e rins, e morte por colapso do sistema circulatório.

Questionado, o FBI disse que a agência e "parceiros do Serviço Secreto dos Estados Unidos e do Serviço de Inspeção Postal dos Estados Unidos estão investigando uma carta suspeita recebida em uma instalação de correio do governo dos Estados Unidos. No momento, não há nenhuma ameaça à segurança pública". Serviço Secreto também está investigando.

Contém informações da/o CNN Brasil.
Você está sendo roubado! O sistema usa o seu dinheiro, abusa de privilégios e cria leis para se blindar. O MBL vai na contramão desse sistema, lutando contra o Foro Privilegiado, Fundão e na defesa da prisão em segunda Instância e reformas. A batalha é desequilibrada, nós só podemos contar com você. Doe para o MBL clicando aqui.
continua em outra matéria