ATENÇÃO: Exército abre processo contra Pazuello
O ex-ministro da Saúde, general da ativa, participou de manifestação bolsonarista neste domingo

Segundo O Antagonista, o "comando do Exército decidiu há pouco abrir processo disciplinar para apurar a conduta do general Eduardo Pazuello, após ele ter participado de uma manifestação pró-governo, no Rio de Janeiro, no domingo." Será investigado por ter "violado o Regulamento Disciplinar da corporação, que proíbe militares da ativa de se manifestarem em assuntos políticos."

bolsonaro-e-ex-ministro-da-saude-pazuello
bolsonaro-e-ex-ministro-da-saude-pazuello

Pazuello será notificado ainda hoje sobre o processo disciplinar. A expectativa inicial é que a investigação dure pelo menos 30 dias. O general terá direito a apresentar defesa durante a apuração.

Há alguns dias, Augusto Heleno declarou: “É preciso entender qual é essa participação. Os militares da reserva podem participar de manifestações políticas. Militares da ativa não podem e serão devidamente punidos se aparecerem em manifestações políticas, não tenho dúvida disso, isso é muito claro.”

Hoje, Mourão disse antes de entrar no Planalto: “É provável que seja [punido]. É uma questão interna do Exército. Ele [Pazuello] também pode pedir transferência para reserva e aí atenuar o problema.“ Pazuello não tem que ir para a reserva. Tem que ir para o xilindró.

Você está sendo roubado! O sistema usa o seu dinheiro, abusa de privilégios e cria leis para se blindar. O MBL vai na contramão desse sistema, lutando contra o Foro Privilegiado, Fundão e na defesa da prisão em segunda Instância e reformas. A batalha é desequilibrada, nós só podemos contar com você. Doe para o MBL clicando aqui.
continua em outra matéria