Ataque na Áustria é assumido pelo Estado Islâmico
Terroristas afirmaram que o albanês Abu Dujana al-Albani realizou o ataque com armas e facas - segundo portal

Conforme informa o portal Site, da especialista em contraterrorismo Rita Katz, o grupo jihadista Estado Islâmico (EI) reivindicou a autoria do atentado em Viena, na capital austríaca, que deixou ao menos quatro mortos na noite desta segunda-feira (02).

Um homem acende velas perto da cena do crime do ataque em Viena, Áustria, em 3 de novembro de 2020, um dia após um tiroteio em vários locais do centro de Viena
Um homem acende velas perto da cena do crime do ataque em Viena, Áustria, em 3 de novembro de 2020, um dia após um tiroteio em vários locais do centro de Viena (Crédito: APA/AFP)

Segundo a publicação, os terroristas afirmaram, no Telegram, que o albanês Abu Dujana al-Albani teria realizado o ataque com armas e facas como um “soldado do califado”.

Ajude a manter o MBL na luta!

De acordo com o portal, o suspeito do ataque terrorista é um cidadão austríaco-macedônio do norte chamado Kujtim Fejzulai, que cumpriu pena de prisão na Síria e foi libertado antecipadamente em dezembro.

A agência de propaganda dos jihadistas, a Amaq, divulgou em um outro comunicado uma foto do agressor explicando que ele é o autor da nova ofensiva do grupo.

A polícia da Suíça também anunciou a prisão de mais dois suspeitos de ter ligação com o atentado em Viena.

Contém informações da/o ISTOÉ.
Você está sendo roubado! O sistema usa o seu dinheiro, abusa de privilégios e cria leis para se blindar. O MBL vai na contramão desse sistema, lutando contra o Foro Privilegiado, Fundão e na defesa da prisão em segunda Instância e reformas. A batalha é desequilibrada, nós só podemos contar com você. Doe para o MBL clicando aqui.
continua em outra matéria