fbpx
Transporte Público
Privatização: Estações de trens de São Paulo devem passar à iniciativa privada

Estado de São Paulo pretende conceder a administração e benfeitorias das Estações da CPTM a empresas privadas.

25/02/2019 10h53

Estado de São Paulo pretende conceder a administração e benfeitorias das Estações da CPTM a empresas privadas.

A Secretaria de Transportes Metropolitanos (STM) do Estado de São Paulo divulgou que pretende conceder 94 estações que compões a Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM), dentre elas estão as paradas da Linha 10 Turquesa que serve o Grande ABC.

O Conceito está em analise técnica pelo Palácio dos Bandeirantes, a ideia é que possibilite a construção de prédios adicionais, ou andares superiores, que poderia ser aproveitados por empresas interessadas, fazendo uso comercial destes novos espaços. As vencedoras seriam responsáveis pela manutenção e modernização das estações.

O Projeto fará parte do Programa Estadual e Parcerias Público Privadas, que é uma das bandeiras do Governador João Dória. Dória quando passou pela prefeitura paulistana criou a Secretaria da Desestatização com este mesmo fim, que Covas, atual prefeito, fechou.

Esse será o modelo para que a Estação da Antiga Parada Pirelli seja reaberta conforme noticiado anteriormente.